× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: joaodebora2017

Baixar

Débora e João

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Débora e João

Sobre os noivos

Como é bom recordar!
Aqui é um pequeno resumo da nossa história.

"Até aqui nos ajudou o Senhor" (I Samuel 7,12)

 

Muitos foram os desencontros, as frustrações e os desânimos até o dia em que o bom Deus, pela intecessão de Nossa Senhora, decidiu por nos unir.

Nossa história começa no dia 28/02/2014 quando embarcamos no mesmo ônibus em direção a Canção Nova - Cachoeira Paulista/SP, para mais um Acampamento de Carnaval que tinha como tema "Alegrai-vos no Senhor" (FI 4,4). Fomos no mesmo ônibus mas NÃO vimos um ao outro, não nos conheciamos. A viagem se estendeu noite a dentro. Pela manhã chegamos na Casa da Mãe Aparecida, em Seu Santuário, com o coração repleto de pedidos, sobretudo, pelo desejo de encontrar 'Aquela' pessoa que faria o nosso coração sorrir. Fizemos nossas orações em forma de bilhete, ela do jeito dela e eu do meu jeito, cada um no seu canto e com o coração repleto de esperança de que aquele bilhetinho-oração para Nossa Senhora seria atendido.

Chegamos na Canção Nova, que alegria! Nos apressamos em arrumar nossas coisas, 16hrs tinha Santa Missa. Um pouco antes da Santa Missa começar nós nos conhecemos por um "acaso", Deus já havia escolhido a hora, o lugar e o momento que iriamos nos conhecer.

Quando a vi, meu Deus, me apaixonei e sabia que tinha encontrado minha Maria. Foi como um 'click', como um abrir de janelas e aquele sentimento de oração bem feita e vontade unida a vontade de Deus. 

Nossa turma não se desgrudou desde o primeiro encontro, andamos juntos durante os quatro dias que ficamos lá; eu 'paxonadim', ela ainda reticente ( não tinha ouvido e percebido o 'click' ainda hahaha ). Mas estava maravilhoso, já tinha conseguido o que eu queria que era estar pelo menos mais perto dela. Os dias passaram, as orações foram feitas, os sorrisos foram dados e chegou a hora de ir embora. Após o almoço, calor e sem ar-condicionado fomos entrando no ônibus e ela logo já foi sentando, quando eu ia me sentar em outra poltrona ouvi aquela vozinha dizendo: "senta aqui comigo...", me derreti e num pulo lá estava eu ao lado da minha Maria. Passamos a viagem inteira conversando sobre nossa vida, nossos sonhos, nossas mazelas e eu com o coração cheio de alegria por tê-la mais pertinho de mim. Chegando em Uberlândia, onze e tanta da noite, dia 04/03/2014, aconteceu um beijo - O BEIJO - , apressado, desajeitado, envergonhado, mas cheio de entrega. Encontramos um ao outro, assim do nada, sem espera, mas com uma certeza sobrenatural de que não seria apenas um beijo. Um mês depois, dia 04/04/2014, em um jantar a dois a pedi em namoro que ela de protidão disse sim. Conversamos bastante naquela noite, sobretudo, de um futuro à dois; casamento, filhos, casa e um relacionamento baseado em companherismo e leveza. Lembram da 'certeza sobrenatural'? Pois é, dia após dia ela foi se concretizando em nossa história e tomando a forma do nosso futuro. Quantas histórias. Quantas viagens. Quantas amizades temos feito desde aquela primeira troca de olhares em 01/03/2014.

O tempo passou e o Amor ficou tão grande, de uma tal maneira que só o namoro já "não suportava", era necessário um passo adiante. Conversamos bastante com nossos pais e amigos. Vamos noivar! Que alegria! Dia 22/04/2017, sábado, assim como no pedido de namoro fiz um jantar a luz de velas, cheio de amor, pedi minha Maria em Casamento que, mais uma vez, prontamente disse sim. Chorei! A felicidade foi tanta de estarmos realizando nosso sonho que era preciso partilhar tudo com nossas famílias e amigos. Dia 13/05/2017, dia d'Aquela que nos uniu, a Santíssima Virgem Maria, sob o título de Nossa Senhora de Fátima, nos unimos em noivado com a bênção da Igreja e presença dos nossos pais, famíliares, amigos e do nosso amado Padre Hudson Inácio. Foi lindo e emocionante, nunca nos sentimos tão amados!

Somos gratos, infinatamente gratos à Deus que quis que fosse desse jeito, que quer nos unir em Matrimônio. Somos gratos pelas pessoas que passaram pela nossa história e, sobretudo, por aquelas que quiseram permanecer unidos a nós. Somos gratos a Família que ganhamos, sim, ganhamos porque são verdadeiros presentes em nossa vida com seus exemplos e companherismo. Somos gratos aos AMIGOS - com letra maiúscula - que sempre estão dispostos a sonhar e realizar nossos sonhos juntos de nós, acompanhando cada passo e chorando de alegria em cada vitória. Somos realmente muito amados, por Deus e por aqueles que Ele, bondosamente, colocou em nossos caminhos.

Esta é, de forma muito resumida, a nossa história.

 

Gratidão, sempre gratidão!

 

Com amor, 

Débora Maria e João Felipe